quarta-feira, novembro 01, 2006

Só palavras!


Um dia disse-me que eu tinha o dom das palavras. Cada uma mergulhava num mundo mais mágico que o seguinte. Cada uma tinha um crime mais perfeito que a outra. Cada uma era absolvida mais intensamente que qualquer uma ou qualquer outra que havia furado o seu coração. Carregavam poros e fardos sentimentais. Bombardeavam artérias e aceleravam os musculos que teimavam na imobilidade física.
[ E ali estava eu, sem saber o que dizer. ]

Único. (talvez)

3 comentários:

Rita/Jamila disse...

A mim parece me mesmo que as palavras a ti nao sao assim tao indiferentes..muito pelo contrario.. ;)
gostas tanto delas q as aritculas da melhor forma..

beijinho clarinha

Té § [Pi]menta =) disse...

Mas que bela antítese final!... :)
Tenho andado desaparecida por estes lados, mas vejo que não deixaste de continuar a encantar com as tuas palavras! sim, pq tu tens de facto o dom da palavra!:) mesmo quando não sabes o que dizer! :)

tenho saudades tuas!* :) minha pussy tunante linda :) *

beijoooo *

soul_traces disse...

As palavras, essas fiéis amigas, permitem-nos alcançar o mundo mágico que julgamos somente existir na nossa fantasia própria. Por outro lado, como alguém disse e muito bem, continuam a ser a mais poderosa arma que o Homem pode ter ao seu dispor. Da forma mais simples. É com elas que bombardeias as artérias e dás vida. É com elas que paras o coração e o fazes morrer. Continua a usá-las da melhor forma. Dessa forma bonita que tu sabes fazer.
Beijinhux***