terça-feira, maio 15, 2007

(Sem) horas e horas a fio

Meses. Há meses que não sabemos conversar. Perdemos horas e horas a fio sem olhar para o relógio enquanto os mestres da noite éramos nós. Já não me cheira mais a inverno de chocolate quente. As palavras morreram. E o desejo enterra-se no peito até acordar a meio da noite outra vez. São cinco e meia da manhã. Tenho o relógio trocado. Já não há mais horas e horas a fio na conversa. Mas o primeiro nome é o teu. Perdemos o que de melhor éramos. Resta a madrugada, sem horas e horas a fio na conversa, de onde já só salta o teu nome embrulhado numa primavera que não é nossa.

Não sei muito bem o que quero dizer, tambem.

8 comentários:

Pedro disse...

Inverno de Chocolate Quente é bom de ler.

Eu ia pelo: «Mesmo que não saibas o que dizer, diz qualquer coisa»; costuma resolver metade das coisas (:

Um beijinho, vigésimo (ou era vigésimo primeiro?) amor de queima. *

Rita disse...

Alguém me deixou sem palavras, já nada do que digo é dito... Relógio trocado, pessoa que não é... Entendo-te. Mas ainda tens muitas horas pela frente! Aproveita... Um beijao linda*

Português Suave disse...

Tenho-me sentido sem Primaveras, e ja ninguem me fala horas e horas a fio pela noite dentro.
Fabuloso*

the girl in the other room disse...

Já houve dias que me senti como tu. Escreves mesmo muito bem. Gosto deste lugar de desabafos, que o é sem ser.

:)

Utopic disse...

:o

ainda tens o link para o meu blog no teu cantinho, estou admirado :) sou o murmurio histerico, andei desaparecido da blogosfera, ja voltei.. mudei foi de cara, e de escrita :x anyway, ja li uma porrada de textos teus, aqui no blog. uma coisa o tempo nao muda, a qualidade aqui do sitio ;) beijo*

snowflake. disse...

fantastico*parabens=)

**beijinho

Bia disse...

eu também acho que perdi o álguem que falava comigo horas a fio (eu também não sei bem o que dizer)

um beijinho*

El-Gee disse...

adorei este texto *