segunda-feira, fevereiro 26, 2007

Estive aí!


Estive aqui! Abri os braços, gritei saudade, respirei vontade!
Fiz-te dizer uma história diferente, fiz-te querer uma pessoa nova, fiz-me ser um outro lado num novo canto do coração.
Esperei! Dei na luz mais um dia, mais um passo num novo acorde, ignorei as cordas jorrando sangue por afinal não saber tocar.
Li-me em pautas, desdobrei-me em notas e deixei-me no banco do lado à espera que te soubesses sentar.
E sabendo que não chegavas, levantei-me, fechei os braços e apaguei a luz, desse lado da estrada onde as notas já não são as mesmas e a melodia foi ignorada.
Hoje, não me peças. Não me exijas. Não me cobres.
Eu, estive aí!

4 comentários:

soggyscheme disse...

gosto... muito boa perspectiva e posição fotográfica. ficou exelente a postura da criança*

soul_traces disse...

melhor imagem nao podias ter escolhido. Fizeste o que podias. A consciência está tranquila. Nada mais importa.
Beijinhux linda***

Sandro disse...

Excelente... gostei muito mesmo...
E assim se descreve um desencontro...
Beijo bom

Té § [Pi]menta =) disse...

:)