domingo, janeiro 07, 2007

Enciclopédia das coisas


Há muito que não me sinto naquela invasão de um sentimento só, como se os meus dedos automaticamente soubessem o que dizer, como dizer e na altura de dizer.
Às vezes estas coisas acontecem (dizem).
Mas hoje apetece-me. Dizer, coisas, não sei que coisas, mas apetece-me.

É como se cada estrela, controlando os meus dedos, enfurecesse as teclas, uma a uma, sem escapar uma letra do que foi escrito no céu.
Há dias assim. Não sei bem se mágicos, ou abençoados por uma qualquer inspiração.
Talvez seja mesmo vontade, apenas isso.

Aos poucos, a Enciclopédia vai-se desenrolando, ao mesmo tempo que a agonia e o prazer se cruzam, confundindo-se num só corpo.

A ti, só te quero sentir o coração. Deixas?! Ouvir cada pulsação entre o peito e os membros que me embalam. Embriegar-me nesse odor, balançando para cá e para lá tal como os poros que nos respiram num silêncio ensurdecedor. Agarrar-te as mãos, medindo-te os dedos que tão perfeitamente nos meus encaixam. Respirar-te os sentidos e morrer ali, junto de tudo o que é bonito e perfeito. Negar-me contra a parede, apagando cada mancha que de mim fica. E quando te beijo o ar, é quando me procuro nesse saber ser que me ensina a amar. Tu.

Mais tarde, enquanto te confesso cada último minuto antes de entrar em casa, acalmo o que sou. As tantas fraquezas que tenho e cada buraco vazio que te espera mais um minuto, amanhã. Esqueço tudo o que há de feio em mim e tento aprender a viver-te os dias numa definição qualquer a que gosto de chamar segurança.
Aos outros, já não ligo os lados lunares que me acrescentam. A quem ligou a um segundo encontro sobre mim mesma, a esses sim, obrigada (tambem).




(Contigo, quero ser melhor.
Por ti, mais ainda.
)

3 comentários:

soul_traces disse...

lindo, como sempre. sentido e profundo, como o costume. apaixonante, como nao seria de duvidar. que a tua existência com "ele" continue a ser assim, como as tuas palavras:)
Beijinhux***

Té § [Pi]menta =) disse...

bem. mas q texto! :O sem palavras! :D q te apeteça sempre dizer essas coisas q nem tu sabes bem! :)

" E quando te beijo o ar, é quando me procuro nesse saber ser que me ensina a amar. "

das frases mais lindas q ja' por aqui li! :)

amar faz bem! oh, se faz!...

** bjuuuuu **

facilmente disse...

tenho 8 segundos para dizer que adorei estar aqui