sexta-feira, janeiro 19, 2007

Dicotomias



E assim sou, uma variável de sentimentos equacionando dores que não precisam de jorrar sangue, mas que estão lá, doendo como agulhas que teimam em não sangrar. Do outro lado desfaço-me, em mil pedaços de manteiga que adormecem nos teus braços e no dia seguinte continuam lá.
Nunca tive muito jeito para calar sensações, embalando-as numa música de adormecer que a voz acaba sempre por não conseguir soltar.
Sempre fui de grandes projectos e algumas preocupações. De uma mania incrível de desorganizar a vida esperando sempre o sentido que me acabas por dar.
Às vezes choro. Venho aqui, páro em frente ao monitor e espero que a dor passe com as palavras que, no fim, acabam mesmo é por não chegar. E então fica a doer latejando aos quatro cantos do mundo a inquietude que me aflige e que nunca soube disfarçar.
Mas quando rio.. Subo mil metros acima do céu sem nunca adivinhar a queda. Fico lá. Faço jus a todas as alegrias do mundo e deixo-me sentir o arfar marinho que sobe ao céu em forma de nuvem. E sem sequer atingir a perfeição, páro e deixo-me viver. Seja lá do jeito que for, na volta já nem me recordo direito, mas hoje, sinto-me viva.
Inércia. Deixo-me ali ficar, sentindo.

(Assim, vale a pena.)

4 comentários:

soul_traces disse...

Que as sensaçoes continuem a berrar tao alto, embalando-se nessa musica tranquila que crias para ti.
Que encontres sempre a organizaçao para a vida, nesse sentido que te acabam por dar:)
E, por fim, que continues a vir muitas xs à frente do monitor e a encantar-nos com palavras bonitas cm sempre:)
Beijinhux****



p.s. Vou fazer queixa na policia por roubo de imagens:p

happiness...moreorless disse...

Adoro a forma como transmites sensações...os teus textos são sempre muito expressivos.

***
(add)

Té § [Pi]menta =) disse...

fonix!! onde 'e q vais buscar essas imagens tao lindas? e onde alimentas a tua imaginação ? 'e q escreves estonteantemente bem! parece q todos os teus textos têm palavras novas!

"Subo mil metros acima do céu sem nunca adivinhar a queda." q valha sempre a pena! :) *

bjinhoo

2071558 disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.