sexta-feira, outubro 20, 2006

A cor que eu escolhi


Pensei que já tinhas percebido o desagrado que me corre nas expressões ao cruzar-me contigo. Nem 'desculpa' te peço por não te elogiar como todos os outros rostos que fazem a vénia sem a sentirem. Queria não ter de me cruzar todos os dias contigo manchando-me o ar que tão há pouco lavei. Se pudesse expulsava-te daquelas paredes onde bebemos a mesma linfa ao mesmo ritmo que te expulsei deste poros que me fazem viver. Enquanto isso limito-me à diferença que te faz baixar o queixo no ignorar de um só átomo. Para ti e em ti sou má com todas as letras. Sou sim.
[Nunca odiei ninguem. Mas tu abusas.]



Carrega-me de amor, de energia, de paixão. Sabes fazê-lo, dá-lo e conheces cada eco desta voz melhor do que ninguem. É a ti que ela te pertence, já há muito, sim. Mas pertence. E vai pertencendo cada vez com mais coragem envolvendo-se numa bola de neve sem fim. Mas contigo até a neve aquece, aconchega-me o peito envolto de um calor só teu. São as coisas tuas. Sempre diferentes e deliciosas.
É em ti que me renovo e me faço renovar, entre compassos de magia que explodem nas trovoadas estridentes que rebentam lá fora. Mas isso é lá fora, porque lá fora é sempre lá e aqui, aqui é aqui. O nosso lugar. A terra encantada onde bailam as fadas entoando melodias da cor do nosso amor.
Sublime. Puro. E eterno.
É a cor que eu escolhi.

(L)

3 comentários:

Té § [Pi]menta =) disse...

"[Nunca odiei ninguem. Mas tu abusas.]"

o abuso. pessoas que n se sabem controlar e que n se sabem impor, coitadas, e entao usam e abusam do poder. enfim.

sao eles k nos renovam n é? sabemos que pode o dia ser uma merda, mas no final do dia vamos ter a kem contar essa merda e acabar o dia a rir as gargalhadas... sabemos k a ultima msg do dia é pra eles.

"Mas contigo até a neve aquece, aconchega-me o peito envolto de um calor só teu." :) tão bonito!! acontece ttas vezes! é bom sermos amadas e amarmos! é óptimo! se estou dependente? estou! deliciosamente dependente! :)

minha pussy, sempre a escrever lindamente! :) cada palavrinha tua é um hino à literatura! :)

beijinhoo * miss u a lot *

sarah disse...

Pois é...

'ele e ele' mancham-nos todos os dias o ar que ambas outrora lavámos. Curioso é o modo como 'ele e ele' se cruzaram connosco, como os tentámos expulsar do teu e do meu 'mundinho próprio', como não foi fácil o processo de entrega, como fazer-lhes a 'vénia' se torna escasso mas verdadeiramente sentido quando executado, e como cheia de sentido o é. Como eu odeio exponencialmente o meu 'ele' e como tu odeias o teu. Sim, sem a mais infima duvida, sou má! Sim somos más! Mas também apenas o somos com aqueles que realmente nos fazem como pessoas. Porque só esses nos dão o prazer de os espicaçarmos aos poucos em gestos de ternura. Afinal, são formas de amar, são formas de viver, são formas de sermos felizes bem a nossa maneira...


Pois é...

Revejo-me [como menina que sonha em frente ao espelho] nas tuas 'palavras bonitas' quase tão bonitas como tu!


Baci muxaxa de mim^^ x)*

sarah disse...

Pois é...'ele e ele' mancham-nos todos os dias o ar que ambas outrora lavámos. Curioso é o modo como 'ele e ele' se cruzaram connosco, como os tentámos expulsar do teu e do meu 'mundinho próprio', como não foi fácil o processo de entrega, como fazer-lhes a 'vénia' se torna escasso mas verdadeiramente sentido quando executado, e como cheia de sentido o é. Como eu odeio exponencialmente o meu 'ele' e como tu odeias o teu. Sim, sem a mais infima duvida, sou má! Sim somos más! Mas também apenas o somos com aqueles que realmente nos fazem como pessoas. Porque só esses nos dão o prazer de os espicaçarmos aos poucos em gestos de ternura. Afinal, são formas de amar, são formas de viver, são formas de sermos felizes bem a nossa maneira...


Revejo-me [como menina que sonha em frente ao espelho] nas tuas 'palavras bonitas' quase tão bonitas como tu!


Baci muxaxa de mim^^ x)*