sábado, setembro 23, 2006

Apetece(s)-me


Andei apaixonada pelas ondas. Um dia. Agora prefiro estar apaixonada pelo que tenho.



Há dias que me apetece dizer estas coisas. Olha, apetece-me. Como me podia apetecer outra coisa qualquer, apetece-me dizer estas coisas. Em figuras geométricas desfocadas e códigos morses imperceptíveis. Não me perguntes a lógica disso. Descobre-a. É por ti e para ti que sabes de mim mais que eu ainda.
Com rectas circulares traço o caminho. Impossível?! Não. Estando aqui renovo cada possibilidade que nem as leis da física ou da química acompanhariam. É o nosso compasso e o nosso ritmo. São só nossos. Inexplicáveis aos olhos de quem vê (e não sente. às vezes nada chegam a sentir).

Almas magnéticas como dois imans em fusão. Tal como as ondas enroladas na areia e o sal embrulhado nos grãos.
Há dias que me apetece.
Estar apaixonada



[contei cada poro teu. vês como me dás calma. contei sem ter pressa porque eram os teus poros e como eram teus eu sabia que estavas lá. lógico não é? eu sei. mas outrora não sabia. e por isso me apaixonava por tudo o que via que não tivesse poros nem me obrigasse a ficar presa a travos de laranja em peles que mais cedo ou mais tarde acompanhavam os minutos e não faziam dos segundos a eternidade. tu fazes. e por isso gosto de contar os teus poros. mesmo quando vais para longe e só me restam os números sem poros e travos a kiwi. sim, porque a tua pele tem um travo diferente. é tua.]

8 comentários:

No silencio de um sorriso disse...

Estar apaixonado é o melhor estado de espirito. Tudo passa ao lado, tudo é diferente, gostaria que fosse o estado normal do ser humano...

No silencio de um sorriso disse...

Estar apaixonado é o melhor estado de espirito. Tudo passa ao lado, tudo é diferente, gostaria que fosse o estado normal do ser humano...

S. disse...

Nas tuas palavras há essa sensação de paixão permanente, como se amasses mesmo antes dos teus dedos as escreverem. Mas são livres, flutuam incertas nos pensamentos de quem as lê. Há magia nessa tua entrega despreocupada, num universo desconcertante e tão real que chego a sentir fazer parte dele.

Adoro ler-te :)

Beijos

S. disse...

És daquelas surpresas que se encontram raramente na net... É bom desembrulhar-te devagar, ouvir as palavras mágicas que te nascem dos dedos o tempo todo... Gosto de ti.

sinid_@hotmail.com ;)

Loja Da Menina disse...

http://lojadamenina.blogspot.com/

Dá uma vista de olhos . espero k gostes :D

beijinho*

Alfacinha TontA disse...

:)
sempre bem!

:)
beijinho de mafa para mafa:)****

Té § [Pi]menta =) disse...

lindo ! :] *

grande literatura! ;) *

txii adorooo clarinhaaaa *

Raquel disse...

o foi das mlhores coisas q vi hj est blog :)

fazes bem em ter ixt aki, gosto d m perder aki @


bjinho'z