terça-feira, fevereiro 10, 2009

Uma décima de décima

A primeira sensação é de alívio! As pestanas começam a abrir e há de novo cores, rostos, objectos e vida!
Anda-se sempre no limite e quando as linhas ocupam mais espaço que o cérebro o limite torna-se cada vez mais suficiente e menos objectivado.

O fim aproxima-se e com o fim descobres ainda mil e um projectos que há pela frente. Uma fortaleza inexpugnável de planos e ambições.

Olho para trás, recuo ao princípio de todos os princípios e tenho a certeza que as minhas pernas seriam maiores que os limites, e, mais uma vez, faço da fé o meu motor de arranque enquanto o tempo é de espera e não resta muito mais que rezar!

Se no fim não resultar, há vida outra vez e o arco-íris ainda tem sete cores!


It starts to smell like Brazil, doesn't it?!

2 comentários:

Utopic disse...

Ei, Brasil? Não me digas que vais para lá... Já começo a sentir a inveja. Se já viste o último episódio de Heroes, provavelmente deves andar a perguntar-te se sacaste um episodio de Heroes ou de Lost :P (so para q conste, nao estou a criticar, cada cena de heroes tem a minha veneração). Não gostei do Changeling (sou a unica pessoa que conheço que diz isto). E, por fim, vou cobrar-te esse convite, aviso já. É favor aparecer pela cidade dos estudantes então :) *

Utopic disse...

Ainda temos umas coisas em comum então (ou melhor, em comum mas trocadas - se é que isto faz algum sentido), também tenho o meu melhor amigo pelo Porto e só não ando por lá mais assiduamente porque enfim, toca a todos :P Massss, sábado tenho jantarada aí! Promete, promete :)
Estou contigo nesse protesto anti-embrulhada da segunda temporada, tiveram de inventar uns atalhos manhosos para tantos caminhos que criaram. Slumdog só ouço falar bem, mas ainda não vi. Se gostares diz qualquer coisa :) Vou ver se durmo, isto da fase pós exames tem muito repouso que se lhe diga *cof*. Bye bye*