domingo, maio 11, 2008

Quando a gente gosta é claro que a gente cuida

Quero amarrar o meu coração no teu. Diluir a pressão no meu peito que quase me impede de respirar na tua presença. Quero chegar onde estás; parar, dançar, desenhar-te nas mãos cada linha do meu destino.
Fazem-me falta as tuas palavras.
Quero o sol mais amarelo e o chocolate mais doce. Emergir dentro de ti e absorver-te nos meus poros.
Quero mais. Como antes. O meu corpo a tremer quando te vejo e os meus lábios a penderem sobre os teus quando te toco.
Quero magia!
Ouvir-te do outro lado do mundo e rir-me contigo (mesmo que não estejas cá.)

Hoje falha-me a respiração. O vazio dispara proporcionalmente à tua ausência..

Rezo mesmo quando já não vou à missa desde os oito e até a deuses que não conheço..
Sinto-me fora de combate e preciso de ti.
Na consciência pesa-me a culpa, no corpo agoniam-me os teus segredos, na vida faltas-me tu. Quero-te. A todo o gás e com o melhor que há em nós.
Aquelas ruas que nos conhecem tão bem e ainda assim não seguimos o mesmo caminho...
PRECISO DE TI. Hoje mais do que ontem.. muito mais..


Podia ser aquela que tu queres.. e tu?!

7 comentários:

Português Suave disse...

De vez em quando escreves como se de mim falasses, é incrivel a forma como te (me) encaixas.
Beijinho

bruxinha disse...

Minha querida, o querer tem poder. Mesmo que por vezes não o vejamos, ele existe. Em nós e nos outros. Naquilo que queremos para nós e para os outros.
Por isso, caminha direita à direcção que procura, mesmo que por caminhos sinuosos. Pára. Dança. Finta o destino e fá-lo bailar no teu compasso.
Pinta a magia com as cores - as belas cores - que te enchem o coração e que te aceleram o peito.

Magnificas palavras.
Um beijinho mt grande*

Pedro Meneses disse...

gostei do pormenor:

"Na consciência pesa-me a culpa, no corpo agoniam-me os teus segredos, na vida faltas-me tu."


o melhor de tudo..mesmo...tens que me ensinar a escrever assim...

bj

Pedro Meneses disse...

gostei do pormenor:

"Na consciência pesa-me a culpa, no corpo agoniam-me os teus segredos, na vida faltas-me tu."


o melhor de tudo..mesmo...tens que me ensinar a escrever assim...

bj

Pedro Meneses disse...

"Na consciência pesa-me a culpa, no corpo agoniam-me os teus segredos, na vida faltas-me tu."

tens k me ensinar a escrever assim...

bj

Sandro disse...

Tão bom..
bom de ler, de sentir...
e ainda dizem que não é possível um coração sangrar por amor!

Um beijo

tahistis disse...

Quando menos pensamos, quando menos acreditamos, é aí que sentimos que mais precisamos.

beijinho grande*