quinta-feira, fevereiro 15, 2007

Apenas, saudade!


"não quero que me ames pelas qualidades que me atribuis; aliás, por nenhuma qualidade; é preciso que me ames sem razão, como amam sem razão todos os que amam, simplesmente porque te amo (...)"


























Estás tantas vezes no caminho onde impedes os meus caracois de se rasgarem com a força do passado que ficou lá trás.
Atravessas na mesma cada diagonal e fazes-me lembrar que é por ti e para ti.
Às vezes não quero. Mas não resisto.
Outras vezes, saudade. Apenas, saudade!

1 comentário:

soul_traces disse...

"Outras vezes, saudade. Apenas, saudade"
Sempre a saudade...
Belas palavras, imagem linda.
beijinhux***