terça-feira, abril 24, 2007

Gosto.

Gosto de te dar as mãos. Contar-te os meus problemas e deixar-te adivinhar os segredos enquanto me olhas com atenção.. Gosto de te sentir perto de mim. Dizer-te que não te quero e abraçar-te como nunca.. Gosto de te confundir. Baralhar-me contigo, afogar-te nos meus insultos e salvar-te amanhã.. Gosto de te dizer as horas. Repeti-las três vezes seguidas, pará-las dois anos mais tarde, rebobinando até ao minuto em que começou.
Ainda me lembro. Estavas de verde, olhavas-me com atenção e eu gostei.

(Já te gosto.)

10 comentários:

makoka disse...

gosto de ler o que escreves!

Principessa disse...

Gostas de um mundo teu, onde te perdes com ele e por mais que o tempo passe, voltes ao começo, onde ainda o sintas. Que ele tome conta de ti clarinha*
Sandrine

Thea disse...

também gostei... Lindo!!

soul_traces disse...

e eu gosto de cá vir para me deliciar com as tuas doces palavras:) pouquinho mas bonito. como sempre:)
beijo linda*

Rita disse...

Escrito para ninguém em concreto, mas para alguém em abstracto... As tuas palavras prendem-me numa liberdade inconcebível... Ler-te é conhecer um pouco mais d ti... Um beijo enorme da madrinha****

happiness...moreorless disse...

Pequeno e cheio de emoção...
Gostei da simplicidade.

****

Miss.M disse...

porque o amor é feito de coisas muito simples...

p.s. gostei muito do blog, parabéns pelo bom fosto

S. disse...

Gostei de te sentir o sorriso nas entrelinhas.

E também te gosto.

DarkPoet disse...

Gstei ...

Peqeno Ou Grande, A Qualidade É Intrinseca À Tua Obra.

E Se É Verdade Que Foi Escrito Par Um Alguém Abstrato, Então Temos Algo Em Comum!

Pq Eu Escrevo Para Um Abstrato, Tirando Partes Do Concreto ...

Gstei Imenso De Ler Mais Um Dos Teus Textos.

Continua ;)

Bjao ***

Pedro disse...

Que surpresa agradável, Clara.

Um beijo do Pedro e da GiGi (: *